|| LINK DAS AULAS ||

Aula 2
Conhecendo o instrumento, Afinação do Instrumento,Escala de Notas (Tons) e Formação dos Acordes (Maiores)

Aula 3
Formação dos Acordes (Menores), Introdução a notação de CIFRAS, Acordes com 7ª, Acordes Relativos e Inversõe
s

Aula 4
Cifrado, Transporte, Baixo, Escalas e Transposição de Tons

Aula 5
Técnicas

Aula 6
Técnicas
(Continuação)
Aula 7
Técnicas, Dúvidas Cruciais: Tom, Batida e Ouvido

Aula 8
Agilidade nos Dedos e Batidas

Aula 9
A importância das Cordas e Término do Curso

  Mini-Curso Básico de Violão
                        
    Guia de introdução ao estudo da música para violão

Introdução:

Essa seção tem como alvo principal, pessoas que estão começando a tocar, tocam a pouco tempo ou estão interessadas em saber algo mais. Lembramos que este curso serve apenas para dar uma introdução na arte de tocar violão.

É de extrema importância, que você saiba que violão é um instrumento
bastante complicado e desistimulante para quem está aprendendo a tocar, os dedos doem, as notas parecem horríveis, você não sabe o que fazer com a
mão direita e nem tem coordenação para fazer alguma coisa com a esquerda!

Mas não se preocupe, isso tudo é normal no início, temos que ter paciência, aprender violão demora no mínimo 7 mêses e você só vai achar que sabe alguma coisa, mais ou menos 1 ano depois! Para isso é necessário muito
treino e disposição. Aos poucos vou incluindo mais coisas que por ventura encontrar aqui em meu material didático.


Marcus Vinicius Jacobson
Administrador do Curso


VIOLÃO

Capítulo 1: Iniciação ao violão

Música - É a arte de combinar sons de uma maneira agradável.

Melodia
- Combinação de sons sucessivos;

Harmonia - Combinação de sons simultâneos;

Ritmo - Uma combinação de valores das notas dispostas no tempo em que são executadas;

Existem maneiras diferentes de tocar o violão onde temos:

Violão Cifrado

O mais usado pelos violonistas onde o instrumento é usado para acompanhar seu
canto, dispondo de acordes ou posições embutidos em um ritmo.

Violão Solado

Um método mais aprofundado onde o intérprete executa a melodia da música sem cantar. Muito usado em música erudita onde os violonistas realizam verdadeiras "acrobacias" com o instrumento.

*Partes do violão

 

violao

1 - Tampo

Corresponde ao corpo do violão. Onde a sonoride varia de acordo com o tamanho, formato, madeira usada na confecção do instrumento.

2 - Rastilho

Parte do instrumento que se prende as cordas

2 - Cavalete

Serve de suporte para prender o Rastilho na altura correta.

3 - Boca

Orifício localizado no corpo do violão por onde o som se propaga.

4 - Cordas

Parte fundamental onde são produzidas as notas musicais. O som e formado a
partir da casa precionada no braço do instrumento.

5 - Braço

Parte do instrumento onde se localiza as casas e os trastes.

6 - Trastes

Dividem o braço do instrumento em casas de maneira à alcançar a altura correta
das notas.

7 - Casas

Indicam exatamente a localização das Nota musicais.

8 - Pestana

Tem a função de servir como apoio para as cordas direcionando-as para as
tarrachas.

9 - Tarachas

Tem a finalidade de alcançar a afinação correta, afroxando ou apertando as corda, conforme a necessidade.

10 - cabeça

Encontrada na parte superior do braço, serve de suporte para o mecanismo das Tarachas.


*MÃOS

 

Dedos da mão esquerda

1 - Indicador

2 - Médio

3 - Anular

4 - Mínimo

Dedos da mão direita

P - Polegar

I - Indicador

M - Médio

A - Anular


*Afinação Tradicional

Ao tocar as cordas livres, a partir da mais grave, (de cima para baixo) nós emitimos os sons da notas:

 

MI |------------------------------------------------

LA |------------------------------------------------

RE |------------------------------------------------

SOL|------------------------------------------------

SI |------------------------------------------------

MI|------------------------------------------------

 

Sempre antes de tocar o instrumento deve se conferir a afinação.
Temos que dispor de um Diapasão que emite a nota LA (440 Hertz).

 

Acertar a primeira corda de baixo para cima a mais fina, pressionando a
quinta casa, toque e compare com o Diapasão movimente a taracha aumentando ou diminuindo a nota até ficar equivalente a altura da nota
emitida pelo Diapasão.

Obtendo na quinta casa corda 1 a nota La

Obtendo na corda 1 corda solta a nota Mi

Agora pressionamos na segunda corda a quinta casa (nota Mi), c
omparamos com a primeira corda solta a corda Mi já afinada movimente a taracha até
obter o som igual a primeira corda.

Obtendo na quinta casa corda 2 a nota Mi

Obtendo na corda 2 corda solta a nota Si

A seguir pressionamos na terceira corda a quarta casa (nota Si),
comparamos com a segunda corda solta a corda Si já afinada movimente a taracha até
obter o som igual a segunda corda.

Obtendo na quinta casa corda 3 a nota Si

Obtendo na corda 3 corda solta a nota Sol

Continuando pressionamos na quarta corda a quinta casa (nota Sol), comparamos com a terceira corda solta a corda Sol já afinada
movimente a taracha até obter o som igual a terceira corda.

Obtendo na quinta casa corda 4 a nota Sol

Obtendo na corda 4 corda solta a nota Re

Vamos pressionamos na quinta corda a quinta casa (nota Re),
comparamos com a quarta corda solta a corda Re já afinada movimente a taracha até obter o som igual a quarta corda.

Obtendo na quinta casa corda 5 a nota Re

Obtendo na corda 5 corda solta a nota La

Finalmente pressionamos na sexta corda a quinta casa (nota La),
comparamos com a quinta corda solta a corda La já afinada movimente a taracha até obter o som igual a quinta corda.

Obtendo na quinta casa corda 6 a nota La

Obtendo na corda 6 corda solta a nota Mi

Você pode também começar a afinação usando a quinta corda solta (la) e comparar com o som do Diapasão, apartir desta corda afinada você
pode usar os mesmos passos acima para afinar as demais cordas.


* Cifras

As cifras são um Padrão usado para escrever as notas musicais usando letras.

                                             Notas              Cifras

La                     A

Si                      B

Do                     C

Re                      D

Mi                       E

Fa                       F

Sol                       G

 

OBS: O melhor é que as cifras sejam decoradas. Para isso pratique muito
cada acorde para conhece-lo  melhor e dessa maneira ficar mais fácil lembrar.


* Acordes

É a produção de varios sons simultâneos obtidos da combinação de varias notas.
Nessa combinação há uma nota que é básica e nomeia o acorde, também chamada
de Baixo.

Observe como exemplo estas combinações:

DO MI SOL, SOL MI DO ou DO SOL MI

Não importando a ordem das notas, esta combinação de três notas resulta
no acorde de DO Maior.

No nosso estudo o acorde será representado por um gráfico que representa
uma reprodução do braço do violão, veja abaixo:

C (Do Maior)               
 
     |-----|-----|-----|:E
   b|--3--|-----|-----|:A
     |-----|--2--|-----|:D
   . |-----|-----|-----|:G
   . |-----|-----|--1--|:B
   . |-----|-----|-----|:e


As linhas horizontais representam as cordas e as linhas verticais
são os trastes

     |-----|-----|-----|:E
     |-----|-----|-----|:A
     |-----|-----|-----|:D
     |-----|-----|-----|:G
     |-----|-----|-----|:B
     |-----|-----|-----|:e  <- cordas
  Trastes 
     
Os números representam os dedos da Mão Esquerda onde:

1 - Indicador
2 - Médio
3 - Anular 
4 - Mínimo 

As letras representam as cordas do instrumento 

     |-----|-----|-----|:E -> 6ª Corda Mi mais grave 
   b|-----|-----|-----|:A -> 5ª Corda La
     |-----|-----|-----|:D -> 4ª Corda Re
   . |-----|-----|-----|:G -> 3ª Corda Sol
   . |-----|-----|-----|:B -> 2ª Corda Si
   . |-----|-----|-----|:e -> 1ª Corda Mi mais agudo

A letra b e os três pontos no lado esquerdo do gráfico
representam os dedos da mão direita posicionados sobre
as cordas.
O b indica o dedo polegar chamado de BAIXO que é a nota
mais importante do acorde. A nota do baixo varia entre as cordas
4, 5 e 6 do instrumento, de acordo com o acorde executado.

* Posições corretas das mãos
Mão direita

No exemplo do acorde de Do maior teremos o seguinte posicionamento

      |-----|-----|-----|:E
   P |--3--|-----|-----|:A
      |-----|--2--|-----|:D
   I  |-----|-----|-----|:G
   M |-----|-----|--1--|:B
   A |-----|-----|----- |:e
  
Polegar   -P  Atinge a Corda 5 que é o Baixo do acorde
Indicador -I  Atinge a Corda 3
Médio     -M  Atinge a Corda 2
Anular    -A  Atinge a Corda 1


A mão direita deverá cair sobre o tampo do violão fazendo uma
espécie de concha. É importante coloca a mão de maneira espontânea
sem forçar e sem retesar os nervos.

O polegar deve sempre ficar a frente dos demais dedos num ângulo
aproximado de noventa graus em relação ao dedo indicador.
Nesta posição o polegar ao tocar a corda 4 não atrapalha o dedo indicador
posicionado na corda 3. Observe a Fig. 1.

Fig. 1
Mão esquerda

O polegar e colocado na parte de trás do braço e os demais dedos
sobre as cordas na parte da frente. Observe a Fig. 2.
A mão deve ser posicionada de tal forma que o polegar não ultrapasse 
o braço do violão, deixando a mão livre para percorrer o braço
do instrumento.

Fig. 2
Na formação de um acorde mantenha os dedos na posição mais vertical possível,
isto evita um abafamento indesejado nas outras cordas. Veja Fig. 3.

Fig. 3

* Primeiros acordes para estudar

 A (La Maior)                  Am (La Menor)
 
     |-----|-----|-----|:E          |-----|-----|-----|:E
   b|-----|-----|-----|:A       b|-----|-----|-----|:A
     |-----|--1--|-----|:D         |-----|--2--|-----|:D
   . |-----|--2--|-----|:G       . |-----|--3--|-----|:G
   . |-----|--3--|-----|:B       . |-----|-----|--1--|:B
   . |-----|-----|-----|:e       .  |-----|-----|-----|:e


 A7 (La Maior com sétima)               
 
     |-----|-----|-----|:E      
   b|-----|-----|-----|:A      
     |-----|--2--|-----|:D      
   . |-----|-----|-----|:G      
   . |-----|--3--|-----|:B      
   . |-----|-----|----- |:e


 E (Mi Maior)                 E7 (Mi Maior com sétima)
 
   b|-----|-----|-----|:E       b|-----|-----|-----|:E
     |-----|--2--|-----|:A         |-----|--2--|-----|:A
     |-----|--3--|-----|:D         |-----|--3--|-----|:D
   . |-----|-----|--1--|:G       . |-----|-----|--1--|:G
   . |-----|-----|-----|:B       . |--4--|-----|-----|:B
   . |-----|-----|-----|:e       . |-----|-----|-----|:e


 D (Re Maior)                 Dm (Re Menor)
 
     |-----|-----|-----|:E         |-----|-----|-----|:E
     |-----|-----|-----|:A         |-----|-----|-----|:A
   b|-----|-----|-----|:D       b|-----|-----|-----|:D
   . |-----|--2--|-----|:G       . |-----|--2--|---- |:G
   . |--3--|-----|-----|:B       . |--3--|-----|-----|:B
   . |-----|--1--|-----|:e       . |-----|-----|--1--|:e


Observe nos acordes acima que o Baixo é sempre dado na corda que
emite a nota nomeadora do acorde.

* Ritmo e dedilhados

O Tempo

Para ter uma noção básica sobre o tempo, vamos praticar
usando como marcador um relógio, a cada segundo passado
toque a 6ª corda do instrumento com o Polegar, siga o ritmo
dos segundos sem atrasar e nem adiantar. Vamos tocar a mesma nota
a cada segundo que passa.

Então vamos dizer que 1 tempo e igual a 1 segundo.

Agora vamos tocar a cada tempo uma nota diferente.

Usaremos 3 tempos.

No primeiro tempo toque com o polear a 6ª corda;
No segundo tempo toque com o polegar a 5ª corda;
No terceiro tempo toque com o polegar a 4ª corada;

Observe o esquema abaixo:

Tempos      1   2   3   1   2   ...
Dedos       P   P   P   P   P   ... 

Repita este movimento até sincronizar com perfeição, um
toque a cada tempo.

Dedilhado

É o processo de tirar notas sucessivas, uma corda de cada vez,
cada corda com um dedo diferente.

1º Dedilhado


Tempos     1   2   3   4   1   2   3   ...

Dedos      B   1   2   3   B   1   2   ...
          |_____________|
           Ded. Completo

Onde:

B = Baixo 
1 = Indicador
2 = Médio
3 = Anular

Exercício:

Para praticar este dedilhado vamos treinar no acorde de C (Do maior).

  C  
     |-----|-----|-----|:E
   b|--3--|-----|-----|:A
     |-----|--2--|-----|:D
   . |-----|-----|-----|:G
   . |-----|-----|--1--|:B
   . |-----|-----|-----|:e

Começamos tocando com o Polegar na 5ª corda indicado por b no gráfico,
agora toca-se o Indicador na 3ª corda, em seguida o dedo Médio na 
2ª corda e finalmente o dedo Anular na 1º corda.


Tente executar no dedilhado o trecho abaixo, aplicando o dedilhado 
completo duas vezes em cada posição. Você deve alcançar a perfeição
quando conseguir fazer as passagens de um acorde para outro seguindo
o tempo corretamente.

Am - A7 - Dm - Am - E - E7 - Am  

próximo texto