Clique aqui para você escolher suas apostilas e concluir sua compra !


 

|| LINK DAS AULAS ||

Aula 2
Conhecendo o Instrumento e Posição

Aula 3
Dicas Iniciais e Partitur
as
Aula 4
Exercícios Parte II e Exercícios Parte III

Aula 5
Rudimentos Básicos

Aula 6
Rudimentos Básicos (Continuação)

Aula 7
Fazendo a Marcação com o Chimbal

Aula 8
O Chimbal Dobrado

Aula 9
Viradas

Aula 10
Toques Finais

  Mini-Curso Básico de Bateria
                        
    Guia de introdução para tocar Bateria

Olá, Amigos Batuqueiros

Durante todo esse tempo tocando, gravando e, principalmente lecionando BATERIA, pude perceber a necessidade de sabermos as Noções Básicas , o be-a-bá do instrumento.
Por isso, mensalmente vou estar aqui colocando as Noções Básicas ( e as não tão básicas assim!!) deste instrumento que tanto fascina e é tão importante dentro do contexto musical.
Amigos, sejam bem-vindos à fantástica arte de tocar Bateria!!!

Rogério Fagundes
Administrador do Curso

bateria3.jpg (15088 bytes)

Capítulo 1: Introdução ao estudo

 

Antes de começarmos o curso, vamos explicar de que maneira é composta a bateria para aí sim dar prosseguimento aos estudos, exercícios e técnicas principais.

Ela é formada da união de vários instrumentos: O BUMBO, A CAIXA, CHIMBAL, PRATO, SURDO E OS TONS. Para tocar bateria utilizamos as BAQUETAS que devem ser de um tamanho médio (5A) para um iniciante.

As baquetas  fazem o contato entre nosso corpo (mãos) e a bateria, de forma que devemos prestar muita atenção neste item pois desse contato resultará uma boa execução musical. Devemos segurar a baqueta entre a 1ª e a 2ª parte dela, imaginado que devemos dividi-la visualmente em 3 partes iguais.  A maioria das baquetas são feitas de madeira, com ponta de madeira ou de nylon.

Baquetas com ponta de madeira: possui um som mais "aveludado" ao tocar nas peças da bateria e principalmente nos pratos.

Baqueta


Baquetas com ponta de nylon: a característica destas baquetas é o timbre mais aberto destacando os agudos de cada peça. Para entender melhor, toque o prato de condução com a ponta de nylon e depois toque o mesmo prato com uma baqueta com ponta de madeira - você perceberá a diferença de timbre do mesmo prato.

Vassourinhas (brushes): Muito usada no jazz, a vassourinha é usada de uma forma diferente na bateria. Para extrairmos um som com elas, na maioria das vezes fazemos movimentos circulares na pele da caixa. Pode ser tocada com se fosse uma baqueta comum, com a característica de um timbre muito suave.

Vassorinha

Baquetas com ponta de feltro: (timpani mallets) Usada por percussionistas de música clássica para tocar o tímpano (instrumento de percussão usado em orquestra sinfônica). Os bateristas usam muito este tipo de baqueta para extrair um som mais encorpado do prato sem o contato áspero da baqueta com o metal e sim o contato do feltro com o metal. O resultado é um som suave, fazendo o prato vibrar muito sem que se perceba os movimentos que estamos fazendo para emitirmos o som.

Feltro

próximo texto